Transparência Site Legislativo

Corumbá é polo de atração turística do Centro-Oeste brasileiro, diz Ruiter

Em seu discurso durante o seminário “Turismo no Pantanal – Perspectivas de Desenvolvimento” na manhã desta quinta-feira, 10 de agosto, no Centro de Convenções do Pantanal – Miguel Gomez, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira destacou ao ministro do Turismo, Marx Beltrão, que Corumbá é um importante polo de atração turística do Centro-Oeste brasileiro.

 

A dimensão da importância de Corumbá para o turismo sul-mato-grossense e nacional se mede na dimensão dos indicadores que movimenta. Somente em 2016, informou o chefe do Executivo corumbaense, o município recebeu 217 mil turistas, sendo um terço desse total de visitantes internacionais. O turismo trouxe à cidade quase R$ 320 milhões – em 2015 –, o que representa quase 5% do PIB do município. “São números expressivos, mas acreditamos que ainda muito distantes das nossas reais potencialidades, considerando o patrimônio natural e cultural que temos a oferecer ao mundo”, afirmou o prefeito.

 

Ruiter ressaltou que a força do turismo local se manifesta das mais variadas formas. Corumbá tem 60% de seu território formado pelo Pantanal sul-mato-grossense, “santuário ecológico conhecido em todo o planeta e ambiente perfeito para o ecoturismo, o turismo de aventura e a pesca esportiva”. A cidade ainda dispõe de “um rico patrimônio histórico e arquitetônico, de fortes militares da era colonial ao maior conjunto arquitetônico do estilo Art Déco do Brasil. O nosso Carnaval é considerado o melhor da região Centro-Oeste e o nosso Arraial do Banho de São João é uma festa religiosa única no país. Sediamos o Festival América do Sul, que promove o encontro das culturas latino-americanas, e neste ano vamos realizar o Festival Corumbá Águas do Pantanal, com torneios de pesca esportiva”, complementou.

 

Essa diversificação de um mesmo segmento, na avaliação do prefeito, permite acreditar que Corumbá tem “muito a crescer enquanto destino turístico, contribuindo para a geração de valor econômico para o Mato Grosso do Sul e o Brasil, principalmente nos segmentos do ecoturismo e do turismo cultural e de eventos”. Para alavancar esse crescimento sustentável do setor, a Administração Municipal tem “elaborado projetos em busca dos investimentos necessários para a construção e consolidação da infraestrutura adequada para transformar as nossas potencialidades em realidade”, argumentou.

 

Entre os projetos trabalhados pela gestão municipal, o prefeito citou a revitalização da orla fluvial e a construção de um terminal hidroviário do Porto de Corumbá. “Também é essencial concluirmos a infraestrutura deste centro de convenções, para o qual desde 2009 buscamos as condições de concluir um auditório com capacidade para 700 pessoas”, lembrou o chefe do Executivo Municipal ao enfatizar que projetos desse porte, “só são viáveis com o imprescindível apoio de parceiros como os governos federal e estadual e os nossos deputados, viabilizando os recursos que garantirão a melhoria da nossa infraestrutura turística”.

 

O prefeito Ruiter Cunha aproveitou o evento para apresentar ao ministro Marx Beltrão demanda pela ampliação de voos regulares para o município. “Nem todas as nossas prioridades demandam recursos financeiros. Em algumas situações, carecemos de apoio técnico e político, como é o caso da necessidade de ampliação das opções de voos regulares para a cidade, com tarifas realmente competitivas, disse. Ele lembrou que a localização geográfica de Corumbá sinaliza para essa ampliação por “simbolizar uma mudança de postura na política internacional brasileira, pautada pela integração sul-americana e pelo reconhecimento federal da importância econômica e cultural das fronteiras.  (…) Representa o quão longe pessoas do mundo todo estão dispostas a viajar para conhecer, explorar, experimentar o diferente, o extraordinário contato com novos ambientes, novas culturas”.

Autor:
Assessoria de Comunicação Institucional