Bastidores da cidade: Intolerância

Substantivo feminino

  1. Falta de tolerância.
  2. Violência.

Palavras relacionadas:

Intransigência, radicalismo, preconceito, celíaco, terrorismo, doença.

Essa situação começou a ficar mais presente depois do “Impeachment ” da Ex-Presidente Dilma Rousseff e se avolumou com a Operação Lava Jato, pois a Intolerância neste Pais passou a ser mais presente, com investigados sendo agredidos verbalmente em aeroportos, artistas, jornalistas, enfim, o povo acordou para o lado ruim, que contraria em sua totalidade o Estado Democrático de Direito, houve até um fato no Exterior em que uma autoridade foi xingado e ofendido por dois brasileiros, as manifestações nas redes sociais ficaram mais agressivas por conta do quadro politico que se desenhava uma atitude mais drástica, tal qual aconteceu com o Candidato a Presidência, Dep. Jair Bolsonaro, que sofreu um ATENTADO pessoal, sendo atingido por um golpe de faca na cidade de Juiz de Fora (MG), esse golpe também atingiu a DEMOCRACIA, pois um personagem ridículo que diz que “Deus determinou que ele matasse o JAIR BOLSONARO”, ora, nada disso justifica, mesmo já falando em demência do agressor, não vai justificar essa atitude  violenta do ponto de vista ético e moral para um Pais que busca a sua identidade após esse Tsunami de atos de corrupção que foram descobertos através de delações premiadas, que se estende até os dias atuais. Embora não vejo uma segurança Jurídica em razão dos desmando de alguns Ministros do STF, assim como o próprio Presidente da Republica, Michel Temer que também é acusado de estar envolvido até o pescoço com a corrupção.

Vejo o STF administrando o País, tudo passa por lá, até a questão do aborto foi parar nas mãos da Ministra Rosa Weber, os Poderes se confundem neste momento político do Brasil, as controvérsias são bem presentes, por exemplo, foram em cima de LULA com gosto e vontade e permitiram que os membros da JB&S fizessem um procedimento de LENIÊNCIA, respondendo em liberdade, assim como outras decisões que não coadunam com os ditames da Lei, Interessante é que a Dilma Roussef sofre um “Impeachment ” e é candidata a ao Senado por Minas Gerais, assim com Aécio Neves que teve em situação semelhante em ser cassado, é candidato a deputado federal também por Minas Gerais. Entretanto, Lula foi barrado em todos os pedidos, os desembargadores do “Não”, sempre negando os pedidos da defesa do ex-presidente. Por ultimo, Barroso proíbe definitivamente qualquer fala do Lula.

Será que eles são tão corretos assim? Será que não é imoral a solicitação de 16,8% de aumento em seus polpudos salários, passando de 33 mil para 39 mil? Bem isso não importa, qual é a segurança Jurídica que temos em relação ao processo Eleitoral com esse atentado ao Jair Bolsonaro? Nenhuma e ainda de presente para Mato Grosso do Sul, a Magistrada envia o Religioso, Pedagogo e Ativista Político para a Prisão Federal existente na Capital do Estado. Será que é tão seguro, quanto a segurança do Jair Bolsonaro no dia do atentado? É algo para fazermos uma profunda reflexão em relação aos fatos que não são novos, mas que tem sido muito presentes na América do Sul, no Brasil temos lembranças amargas que repercutem até hoje, o episódio que envolveu o Candidato a Presidência será mais um a fazer parte deste contexto? Vejo com preocupação essa falta de habilidade da Segurança Publica que nenhum dos Candidatos a Presidência tem propostas concisas para resolver esse novo fenômeno que esta presente em nosso Pais: A Intolerância, seja ela qual for.

Reginaldo Coutinho – Delegado sindical dos radialistas de Corumbá, cronista esportivo, locutor apresentador do programa Transnotícias na rádio Transamérica

Autor:
Da Redação

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C