Competidores da Olimpíada do Conhecimento encerram provas confiantes em vaga no Mundial

Muito difícil! Essa foi a avaliação unânime dos 27 competidores de 17 Estados que participaram da etapa campo-grandense da Olimpíada do Conhecimento 2018, que foi uma das seletivas para a WorldSkills 2019, em Kazan, na Rússia. A competição começou no último domingo (09/09) com a ambientação dos alunos e terminou nesta quinta-feira (13/09) depois de 20 horas de provas, deixando todos ansiosos pelo resultado final que será divulgado nesta sexta-feira (14/09).

Representando o Senai do Espírito Santo na ocupação “Instalações Elétricas Prediais”, Yuri Guimarães Fernandes, de 19 anos, teve dificuldades em alguns momentos, mas conseguiu cumprir o planejamento. “Tudo o que eu sabia, consegui colocar em prática, então estou satisfeito com meu desempenho e acho que dá para aguardar uma vaga para a Rússia ano que vem. De qualquer forma, sei que dei o melhor que pude”, destacou.

Competindo na ocupação “Instalações Elétricas Prediais” pelo Senai do Paraná, Alison Brian de Almeida, de 19 anos, não ficou satisfeito com o resultado final, mas acredita que ainda está na disputa pelo primeiro lugar. “No finalzinho uma tecla não funcionou, acredito que ela tenha queimado, e isso me frustrou muito. Mas ontem já havia concluído quase tudo e bati meu recorde, então estou realmente muito feliz por essa experiência. Me dediquei durante dois anos para esse momento”, comentou.

Competidor mais novo do evento e representando Mato Grosso do Sul na ocupação “Instalações Elétricas Prediais”, Daniel Silva Delcato, de 16 anos, terminou a prova um pouco decepcionado com o trabalho apresentado. “Achei muito difícil e no meio do planejamento tive de alterar minha estratégia porque não conseguiria concluir tudo. Mesmo assim acho que essa é uma experiência única e tive oportunidade de aprender muito mais. Aos 16 anos já sei qual profissão quero seguir e me sinto vitorioso por estar entre os melhores do País”, disse.

Já na ocupação “Controle Industrial”, o representante do Senai de São Paulo, Felipe Garcia de Almeida, de 20 anos, figurava entre os mais confiantes ao final da bateria de provas. “Realmente estou muito feliz porque consegui seguir todo o planejamento e concluir todas as etapas do que foi proposto. Não vi o trabalho dos outros colegas, mas acho que dá para subir no pódio pelo meu desempenho. De qualquer forma, acredito que isso não é o mais importante, porque o mais legal mesmo é participar de uma competição com esta”, declarou.

Na mesma linha, o competidor de Minas Gerais, Victor Antonio Fonseca e Silva, de 18 anos, conseguiu resolver um problema no último minuto e vibrava pela conquista. “Não importa para mim qual o resultado de amanhã. Conseguir me superar e completar toda a prova é algo que me deixa muito feliz e satisfeito com meu desempenho. A sensação agora é de dever cumprido.

Sobre as provas

Segundo o coordenador técnico do Senai Nacional, Fábio Lima de Deus, que as provas exigiram um nível de preparação grande por parte dos participantes, que tiveram 20 horas para concluir toda a bateria de provas. “Essa aplicação é chancelada pela WorlSkills, então é tudo baseado em padrões internacional. Isso significa que os nossos alunos do Senai estão preparados para atuar em indústrias do mundo todo”, disse.

Ele ainda explicou que na ocupação de “Instalações Elétricas Prediais”, os competidores tiveram de fazer uma simulação de uma instalação elétrica com equipamentos de automação residencial. “Eles tiveram de instalar a infraestrutura, bem como programar os equipamentos e colocar em funcionamento, com uma pausa para um teste de simulador de defeito”, detalhou.

Já na ocupação de “Controle Industrial”, os competidores também trabalharam com a infraestrutura aplicada à indústria e simular montagem de quadro, painel, fazer a montagem real de um painel que irá representar a funcionalidade de uma máquina ou de um equipamento industrial. “Também tiveram de programar os equipamentos de automação, alinhada com a Indústria 4.0 e passarão por processo com simulador de processo”, completou Fábio Lima de Deus.

Autor:
Assessoria de Comunicação

30°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 60%

Wind 17.70 km/h

  • 21 Sep 201834°C23°C
  • 22 Sep 201835°C24°C