Eleições 2018

Talvez a mais conturbada dos últimos tempos, muita intromissão do Judiciário na questão de julgar de última hora processos que ficaram emperrados, por qual razão? Ai é segurar uma onda em que é muito perigoso para o Estado Democrático de Direito, efetivamente tem que se cumprir as leis, mas existe morosidade para alguns e celeridade para outros, assim como o efeito surpresa que tem deixado muitos operadores do direito, debruçados sobre vários livros para entender a atuação de magistrados e assim fazer um juízo de valor para defender os seus clientes.

O pior dos exemplos foi à caçada ao troféu chamado “LUIZ INACIO LULA DA SILVA”, como reflexo de que ele preso, os problemas deste Paíss acabariam e tudo voltaria a sua normalidade. Tem uma musica do Grupo Revelação que diz: “Todo mundo erra! Todo mundo erra sempre. Todo mundo vai errar. Não sei porquê, meu Deus, Sozinho eu vivo a penar.”

Os Governos anteriores não cometeram nenhum erro sequer, nunca houve sucateamento da maquina administrativa, nunca houve alocar “Aspones”, o que quebrou o País foi uma série de atitudes desencontradas desde Sarney até Temer, sendo que as privatizações efetivadas pelo Governo de FHC, considero o centro do abalo sísmico financeiro do País, pois se a corrupção existe, passa exatamente por essa questão, pois aonde esta o dinheiro das privatizações?

O governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2003) executou as maiores privatizações da história do Brasil. Durante este período, cerca de 78,6 bilhões de reais foram aos cofres públicos provenientes de privatizações. A venda de empresas estatais foi uma resposta do governo para impedir o agravamento da dívida pública. Porém, as privatizações não contiveram o aumento da dívida, que foi de 269 bilhões de dólares em 1996 para 881 bilhões em 2002. Por outro lado, a população foi beneficiada com a privatização de empresas do setor de energia e telecomunicação, que contribuíram para a universalização de serviços básicos, como telefonia celular, internet e banda larga. Que é uma merda institucionalizada. Temos Energia Barata? Telefonia de Qualidade? Internet e Banda Larga de qualidade? Não temos e absolutamente a Justiça deste País não tomou nenhuma medida que pudesse criminalizar o Presidente FHC, muito pelo contrário, enchem a bola dele como um Sociólogo a dar pitaco aqui e acolá.

O “Clã” de Família como de Sarney mandou e desmandou quando assumiu na morte de Tancredo Neves, quem teve um cargo especial? Aécio Neves que foi o principal articulador para travar o Governo de Dilma Rousseff, que aconteceu com Aécio Neves pelas “pautas bombas” tramadas entre ele e o Eduardo Cunha e boa parte do Congresso? Nada! Ai a Justiça deu a fiel demonstração do ditado popular que diz que “a Justiça é Cega”, só não foi cega na perseguição implacável contra o LULA, ele foi quem levou ou induziu pessoas que tem o livre arbítrio para fazer algo de espetacular, assim como cometer deslizes que culminaram com as varias atitudes desairosas que trouxeram a tona um sistema de corrupção que já existia, mas nunca, ninguém levou a sério, nem mesmo a Justiça, por exemplo os “Anões do Orçamento”, foi o nome pelo qual ficou conhecido um grupo de congressistas brasileiros que no final dos anos 80 e início dos anos 90 se envolveram em fraudes com recursos do Orçamento da União até serem descobertos e investigados, em 1993, perante uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de grande repercussão. A denominação de “Anões” deveu-se ao fato de que os principais envolvidos no caso eram deputados sem grande repercussão nacional, ou seja, “Anões de poder” no Congresso Nacional.

Em 1993, a CPI dos Anões do Orçamento investigou 37 parlamentares por suposto envolvimento em esquemas de fraudes na Comissão de Orçamento do Congresso Nacional. O relatório final de Roberto Magalhães (PFL-PE) pediu a cassação de 18 deles, mas apenas seis perderam seus mandatos.

O “Escândalo dos Sanguessugas”, também conhecido como “Máfia das Ambulâncias”, foi um escândalo de corrupção que estourou em 2006 devido à descoberta de uma quadrilha que tinha como objetivo desviar dinheiro público destinado à compra de ambulâncias. Entre seus principais envolvidos estavam os ex-deputados Ronivon Santiago, Carlos Rodrigues e Cabo Júlio e Cleuber Brandão Carneiro. O caso daria origem, no mesmo ano, ao Escândalo do Dossiê.

Enfim, se fizermos um dossiê completo dos escândalos no Brasil que não tiveram a devida atenção da Justiça, chegaremos a uma soma incalculável, muito mais da Operação Lava Jato, e os culpados nunca foram punidos como deveriam, em contra partida, do resultado da Lava Jato, que tem uma forte corrente que pretende acabar com essa operação, deram celeridade somente sobre o Ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Não sou de nenhum partido, não sou Lulista, mas porque só ele tem que pagar por uma sequência que nunca foi observada pela Justiça? Igual o Quadro da Globo que Pais que eu quero, uma Empresa que é investigada e que nunca sofreu qualquer veredicto, continua tendo um aporte financeiro bem gordo das tetas do Governo Federal. Esse é o Brasil que queremos?

Autor:
Da Redação

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C