Vereador solicita pavimentação de via pública no Bairro Cristo Redentor

A pavimentação da Rua Antônio Maria Coelho, no Bairro Cristo Redentor, foi solicitada pelo vereador Chicão Vianna, durante sessão da Câmara Municipal, no sentido de melhorar as condições de trafegabilidade na região.

O pedido foi direcionado ao secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Campos Ametlla, e o trecho fica entre a Rua Pará e Alameda Ana Maria de Carvalho. Chicão explicou que o fluxo de pessoas é grande, principalmente pelo fato de que no local está sediado o CAIJI (Centro de Apoio Infanto Juvenil), onde são atendidas centenas de crianças em situações de vulnerabilidade.

Também à mesma pasta, Chicão reivindicou a pavimentação da Alameda Albino, entre as ruas Dom Pedro II e Dom Pedro I, no Bairro Popular Nova. Ele explicou que a via é bastante inclinada, dificultando o escoamento de água pluviais, ocasionando erosões ao longo da pista, tornando-a intransitável e gerando transtornos aos moradores.

Som automotivo

Já ao prefeito Marcelo Iunes, o vereador sugeriu a disponibilização de uma área, sob o regime de uso, para a prática do som automotivo na área urbana de Corumbá. Ele explicou que, na cidade, não existe um local destinado para essa prática, e que, dessa forma, os praticantes dessa modalidade acabam se reunindo em locais inapropriados, clandestinos ou em outros municípios.

“Ocorre que esses eventos reúnem por volta de duas mil pessoas, fomentando toda economia local. Por isso é importante um espaço adequado para que eles possam realizar os eventos dentro de Corumbá, evitando deslocamentos para outros municípios, em prejuízo ao fomento da economia local”, explicou.

Chicão destaca que “todos os eventos de som automotivo realizados em nosso município, têm cunho filantrópico. Os organizadores conseguem arrecadar 1,5 tonelada de alimentos não perecíveis nestas ocasiões, destinando às instituições de caridade de Corumbá”.

Além disso, conforme o vereador, um local apropriado vai garantir à população em geral, maior qualidade de vida, pois não estarão mais sujeitas às perturbações sonoras causadas pela prática. “Além de atender instituições filantrópicas, eventos como este movimenta todo um setor da economia em geral, como lojas de peças e acessórios, assim como os eventos de cunho estadual e nacional, que movimenta o setor hoteleiro e alimentício da cidade”.

AGEPAN

Por outro lado, Chicão solicitou envio de expediente ao Diretor-Presidente da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (AGEPAN), pedindo informações em relação aos motivos pelos quais o Terminal Rodoviário Intermunicipal de Corumbá não foi objeto da pesquisa realizada pela empresa contratada pela citada Agência, no período compreendido entre os meses de maio e julho, que teve como objetivo dar maiores fundamentos à elaboração do novo plano diretor do Estado de Mato Grosso do Sul.

“Sabemos que em maio foi firmado termo de colaboração para a elaboração do novo Plano Diretor do Estado de Mato Grosso do Sul, com a contratação de uma empresa para fazer esse trabalho. Foram visitados terminais em várias cidades para ouvir a população e embasar a elaboração do documento. No entanto, essa empresa não fez o trabalho em Corumbá, deixando de ouvir a população corumbaense em relação ao transporte intermunicipal de passageiros. Queremos saber por que a nossa cidade foi excluída”, reiterou.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C