Vereador sugere geradores de energia no PS e na captação de água para evitar transtornos na cidade

O apagão ocorrido no final do mês de outubro levou o vereador Yussef Salla a sugerir à Prefeitura Municipal e à Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), a instalar geradores de energia no Pronto Socorro da cidade, bem como na captação de água bruta existente no Rio Paraguai, como forma de evitar transtornos no setor de saúde pública e no sistema de abastecimento de água.

“Precisamos nos prevenir e tomarmos as providências necessárias para evitarmos transtornos à população. No final de outubro, por exemplo, tivemos um caso que nos deixou preocupados. A cidade ficou cerca de 3 horas sem energia devido a problemas ocorridos no sistema, em virtude das queimadas no Pantanal. Isso acabou gerando transtornos”, lembrou Yussef.

O vereador destacou que, naquele domingo à tarde, a Ponto Socorro Municipal ficou um longo período sem energia elétrica, e que isso pode acarretar problemas gravíssimos. Para evitar, ele sugeriu ao prefeito Marcelo Iunes e ao secretário de Saúde, Rogério dos Santos Leite, a instalação de gerador de energia no PS, evitando paralizações no atendimento, o que pode gerar riscos à saúde humana.

Yussef recordou que o apagão não afetou apenas o Pronto Socorro. Devido aos piques de energia que se repetiram por alguns dias, ocorreram problemas no setor de distribuição de água, o que acabou deixando várias regiões da cidade desabastecida.

Por isso mesmo ele sugeriu à Sanesul, a instalação de um gerador na estrutura existente no Rio Paraguai, a captação de água bruta, “para evitar a captação de água e o desabastecimento da cidade, em caso de queda de energia”, observou. Yussef citou ainda que a mesma providência pode ser tomada em relação à Estação de Tratamento de Água e em outros setores da empresa, responsáveis direto pela distribuição da água à população.

Saúde da Família

Por outro lado, Yussef Salla também sugeriu essa semana ao prefeito Marcelo Iunes, com cópia ao secretário de Saúde, Rogério Leite, a inclusão dos serviços de fisioterapia e terapia ocupacional na estrutura das equipes de Saúde da Família, para ampliar o leque de atendimento população.

Ele lembrou que está em tramitação na Câmara Federal, um Projeto de Lei que determina a inclusão obrigatória de fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais nas equipes de Estratégia Saúde da Família, já tendo sido inclusive aprovada pela Comissão Seguridade Social e Família (CSSF), e “a inserção destas especialidades nas equipes ESF promoverá, sem dúvidas, um avanço no cuidado com a saúde básica da população, contribuindo para o fortalecimento da integralidade do SUS e preenchendo uma lacuna na busca por uma atenção e de qualidade”, completou.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C