PMA prende e autua pescador em R$ 4,4 mil

Policiais Militares Ambientais de Miranda realizavam fiscalização ontem (19) à tarde no rio Salobra, rio em que a pesca é proibida em quaisquer modalidades, e prendeu um pescador amador de 48 anos por pesca predatória.

Além de pescar no rio onde a pesca é proibida, o que por si só já se caracteriza como crime, o infrator foi detido quando estava em uma embarcação e ainda pescava com fisgas (petrecho proibido), o que é crime, e havia capturado quatro exemplares de peixes, sendo dois da espécie pintado e dois da espécie cachara, estando três deles abaixo da medida permitida pela legislação (crime).

Além de tudo, como a cota de captura e abate por pescador amador é de apenas um exemplar de peixe nativo e cinco exemplares de piranhas, então, o infrator havia capturado pescado acima da quantidade permitida, o que também é crime. Foram apreendidos 18 kg de pesca, um barco, um motor de popa com tanque e dois arpões.

O infrator recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil em Miranda, onde foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4.360,00.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C