Façanha é eleito presidente da Mesa Diretora da Câmara de Corumbá

Roberto Gomes Façanha é o presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Corumbá, biênio 2021 – 2022. A eleição aconteceu na noite de ontem, sexta-feira, 1º de janeiro, logo após a solenidade que marcou a instalação da 62ª Legislatura 2021 – 2024, com a posse dos vereadores, bem como do prefeito Marcelo Iunes e do vice-prefeito Dirceu Migueis Pinto, todos eleitos no pleito de 15 de novembro de 2020.

Apenas uma chapa concorreu à Mesa Diretora do Poder Legislativo corumbaense. Antes de iniciar a votação, o vereador Chicão Vianna fez uso da palavra, para informar que havia retirado sua candidatura à presidência da Casa de Leis, salientado que prevaleceu o diálogo, e que reforçou junto à Façanha, sugestões que faziam parte da sua pauta, caso fosse eleito.

A votação foi secreta e Roberto Façanha foi eleito com 14 votos a favor, com um anulado. A chapa foi completada por Manoel Rodrigues como primeiro vice-presidente, e Yussef Salla n a segunda vice-presidência. Os dois receberam 13 votos a favor, e dois foram anulados.

Mesa diretora da Câmara Municipal (Foto: Assessoria de Comunicação)

Já a 1ª Secretaria do Poder Legislativo corumbaense ficou Elinho Verde Frutti, eleito com 13 votos a favor, um contra e um nulo, enquanto o segundo secretário, Samyr Qualhada, recebeu 14 votos a favor e um nulo.

A sessão para eleição da Mesa Diretora foi dirigida pelo vereador Elinho Verde Frutti, o mais votado no pleito de novembro de 2020, e a posse aconteceu logo após a contagem dos votos.

EXPERIÊNCIA

Esta é a terceira vez que Roberto Façanha é eleito presidente da Câmara de Corumbá. Antes, já havia presidido o Legislativo no biênio 2003-2004 e 2019-2020. O vereador está em sua sexta legislatura. Foi eleito pela primeira vez em 1996, reeleito em 2000, 2004, 2012 e 2016. Em 2008 ficou na suplência e assumiu a vereança entre 2009 e 2011, por um período de 18 meses.

Destacou a importância de trabalhar de forma conjunta com todos os integrantes do Poder Legislativo, inclusive avaliando as sugestões apresentadas pelos demais vereadores, como Chicão Vianna que retirou sua candidatura, o mesmo ocorrendo com Ubiratan Canhete de Campos Filho, o Bira.

Lembrou pontos positivos dos dois períodos em que presidiu a Casa de Leis, como devoluções de sobras do duodécimo ao Poder Executivo. A última vez foi recente, em dezembro de 2020: R$ 2,5 milhões para aplicação na saúde e na educação.

“Isso é fruto de um trabalho em equipe, em conjunto com todos os vereadores, resultando em economia, permitindo devolver recursos para o Município”, destacou, lembrando o ano de 2020, quando o trabalho conjunto de todos os integrantes da casa, resultou não só na devolução de sobras do duodécimo, mas de outras ações importantes com reflexos positivos na população.

“O momento é difícil, triste. A pandemia da Covid-19 tem causado danos irreparáveis, mortes, afetando diretamente nossa população. Uma das ações dos vereadores da legislatura passada, foi importante na implantação do tratamento precoce contra essa doença, do Pronto Socorro  do Centro de Atendimento da Covid em nossa cidade”, lembrou, reforçando a importância de um trabalho conjunto para assegurar mais conquistas e contribuir para o desenvolvimento da cidade.

A eleição contou com a participação dos 15 vereadores corumbaenses. Além dos novos integrantes da Mesa Diretora, participaram Ubiratan Canhete de Campos Filho – Bira; Chicão Vianna (PSD); Raquel Bryk (PP); Alexandre Vasconcellos (PSDB); Luciano Costa (PSDB); Allex Dellas (Republicanos); Gaúcho da Pró-Art (PP); Genilson José (PODE); Daniel Brambilla (PSL), e Nelsinho Dib (MDB).

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C