Câmara Municipal de Corumbá

Maior exportador de tilápia do país, MS supera pandemia e vendas externas crescem 10,49% em 2020

Em 2020, os valores das exportações de tilápia de Mato Grosso do Sul aumentaram 10,49% em relação a 2019, índice acima da média de crescimento da piscicultura nacional, que ficou em 4,4% no mesmo período, conforme levantamento da Embrapa Pesca e Aquicultura. O desempenho sul-mato-grossense é destacado na Nota Técnica sobre as Exportações de Tilápia, elaborada pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). Segundo a Nota, mesmo sob os efeitos da pandemia, os valores das vendas externas de tilápia produzida no Estado saíram de US$ 5,04 milhões em 2019, para US$ 5,57 milhões no ano passado.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, afirma que esse bom desempenho das exportações de tilápia em Mato Grosso do Sul no decorrer de 2020 é resultado das medidas adotadas pelo Governo do Estado, por meio da Semagro, para manutenção das atividades econômicas durante a pandemia, bem como as adequações feitas pelo setor.

“Desde 2015 trabalhamos no estímulo à produção, industrialização e a exportação de peixes, principalmente a tilápia. No ano passado lançamos o PROPEIXE, que simplificou normas e procedimentos, além de adequar a carga tributária sobre o produto visando maior competitividade. Por conta da pandemia, firmamos protocolo de biossegurança com o setor, que fez os investimentos necessários para modernizar e manter sua produção. Observamos sim, um impacto nas exportações, com uma oscilação principalmente no segundo e quarto trimestres de 2020. Mesmo assim, nosso Estado se manteve na liderança das exportações de tilápia, representando 87,7% das exportações nacionais desse pescado”, afirmou Jaime Verruck.

Criação de peixes no Estado, no sistema tanque-rede

De acordo com a Nota Técnica da Semagro, ao longo do ano de 2020 houve oscilação nas exportações, com queda no segundo trimestre, tanto para Mato Grosso do Sul como para o Brasil, provavelmente decorrente da pandemia. O último trimestre do ano também fechou com queda em relação aos três meses anteriores. O maior patamar de crescimento alcançado foi no primeiro trimestre de 2020, com um crescimento de cerca de 120% em relação ao primeiro trimestre de 2019, tanto para Mato Grosso do Sul como para Brasil.

Os principais destinos das exportações de tilápia produzida em Mato Grosso do Sul em 2020 foram os Estados Unidos, Canadá e Tanzânia. As operações com o mercado norte-americano somaram US$ 5,28 milhões, com incremento de 5,18% em relação a 2019. As venda externas para o mercado canadense caíram 25,78%, totalizando US$ 277,7 mil no ano passado. Em contrapartida, a Tanzânia surgiu como novo destino, com US$ 55,2 mil em exportações.

Novos investimentos em piscicultura

O desempenho da piscicultura em Mato Grosso do Sul, principalmente nas exportações de tilápia, tem favorecido a atração de investimentos no setor. Em 2022, o Estado deverá ter a primeira indústria frigorífica de pescados que irá produzir tilápia enlatada no Brasil. O empreendimento da Frescomares será construído em uma área de 73 hectares no município de Itaporã, com investimento total de R$ 20 milhões e previsão de geração de 120 empregos por turno, sendo que, no auge da produção, a indústria deverá funcionar em 3 turnos.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C