Para o ano de 2024, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) pretende investir mais de R$ 1 milhão na melhoria dos serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) nos dez campi e reitoria.

A reitora Elaine Cassiano destaca que a atualização e a expansão da infraestrutura tecnológica da instituição são ações estratégicas para atender às crescentes demandas da comunidade acadêmica.

“Ao melhorarmos a conectividade e a infraestrutura digital, estamos modernizando nossos campi, e assegurando que nossos estudantes e servidores tenham acesso a ferramentas de qualidade que são essenciais para o ensino, a pesquisa, a extensão e a gestão”, afirma.

O investimento será feito em duas etapas. Na primeira, que já está em andamento, R$ 562,8 mil serão utilizados para a aquisição de Acess Points, destinados a todas as unidades da instituição. Os pontos de acesso são dispositivos de rede que permitem levar o sinal de internet a áreas em que a cobertura original proporcionada por um roteador é limitada.

As aquisições foram planejadas a partir de fatores como a necessidade recorrente de atualização dos equipamentos, o fato de as unidades do IFMS terem sido ampliadas ao longo dos anos (construção de novos blocos de ensino, áreas de convivência, laboratórios, quadras, salas modulares, entre outros) e o aumento no número de estudantes e servidores.

“É fundamental a atualização do nosso parque de APs [Acess Points] visando prover às unidades equipamentos atualizados, em maior quantidade (com relação a atual) e com maior capacidade para uma ampliação significativa na cobertura e conectividade desses ambientes, além da melhoria do acesso à rede wi-fi por parte de servidores e estudantes”, explica o diretor de Gestão de Tecnologia da Informação, Carlitos de Oliveira.

A distribuição dos pontos levará em consideração a quantidade de estudantes e servidores atendidos, alcance da rede e distribuição, e solicitações específicas de cada unidade.

A previsão inicial é que até o mês de agosto os equipamentos sejam distribuídos.

Segunda etapa – Ainda para 2024 está previsto o investimento de mais R$ 478,1 mil para a aquisição de equipamentos como datacenter, atualização de licenças (segurança) e Pacote Office.

O centro de processamento de dados é onde fica concentrada a maior parte dos sistemas e dados. Por isso, novos equipamentos são necessários, com base na vida útil dos atuais que se encontram à disposição.

“O datacenter é o coração da infraestrutura tecnológica, sendo essencial para o funcionamento de sistemas administrativos, acadêmicos e de comunicação. A atualização dos equipamentos garantirá maior confiabilidade, desempenho e segurança, permitindo que o IFMS continue operando com eficiência e resiliência”, destaca Carlitos.

O diretor reforça a importância dos investimentos em TIC.

“Investir em novos servidores, licenças de software atualizadas e dispositivos de rede não é apenas uma questão de modernização, mas uma necessidade estratégica para assegurar a estabilidade e o crescimento sustentável da instituição, minimizando riscos e assegurando a continuidade dos serviços essenciais”, finaliza.

Por Assessoria de Comunicação

Sair da versão mobile