Concurso para delegado terá esquema especial de segurança

Para garantir transparência no processo de aplicação das provas e total segurança para os 9760 candidatos de todo Brasil que farão as provas para o cargo de delegado no concurso da Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul no próximo domingo (20.8), o Governo montará um esquema especial de segurança. A tratativa foi definida nesta sexta-feira (18.8), em reunião com a presença do secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, entidades representativas e a comissão organizadora do Certame.

Maior concurso em número de inscrições na história dos 40 anos de criação do Estado, o concurso da Polícia Civil recebeu 38262 inscrições para oferta de 210 vagas sendo 30 para o cargo de delegado, 100 para o cargo de investigador de Polícia Judiciária e 80 para o cargo de escrivão. Para possibilitar aos candidatos a concorrência em todos os cargos, o Governo do Estado disponibilizou antecipadamente em edital, todo o cronograma do certame. No domingo (20.8), os candidatos inscritos para o cargo de delegado farão a prova escrita no prédio da Universidade Anhanguera-Uniderp, na avenida Ceará, 333 Vila Antonio Vendas. Os portões fecharão pontualmente às 14h.

Para garantir segurança aos candidatos e fluidez no trânsito, será organizado um esquema especial com o trabalho integrado de todas as polícias. A Polícia Militar em parceria com a Agetran estará organizando o trânsito em todo o entorno da Universidade, com efetivo trabalhando especialmente nas vias de acesso para dar vazão ao tráfego. Como a previsão aponta chuva para o domingo, o candidato poderá desembarcar do veículo em frente ao portão principal. Já os candidatos que optarem chegar ao local dirigindo, terão a possibilidade de escolher vários estacionamentos no entorno da região.

Delegado geral adjunto, Adriano Garcia Geraldo, relata que todas as possibilidades estão sendo rigorosamente estudadas e que a Polícia estará lá para garantir segurança e confiabilidade.

De acordo com o delegado geral adjunto da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Adriano Garcia Geraldo, o esquema de segurança contará ainda com efetivos do Garras, Derf, Denar e GOI que estarão trabalhando, de forma integrada, no policiamento repressivo. “Recomendamos que os candidatos cheguem com o máximo de antecedência para que possamos evitar imprevistos. Tudo está sendo rigorosamente estudado e a polícia estará lá para garantir segurança e confiabilidade aos candidatos durante todo período de aplicação das provas”, garante o delegado.

Secretário Carlos Alberto de Assis relata que todo o processo está sendo conduzido dentro da mais absoluta transparência, com responsabilidade e lisura.

Segundo o secretário Carlos Alberto de Assis, titular da SAD, responsável pela elaboração do Certame todo o processo está sendo conduzindo dentro da mais absoluta transparência, com responsabilidade e lisura. Representantes do Ministério Público Estadual, Controladoria Geral, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil e Procuradoria Geral do Estado foram convidados a participar do processo de aplicação das provas no domingo. “Enviamos convite para todas as entidades, para garantir total transparência no processo”, destacou o secretário.

Presidente da Comissão organizadora do Concurso, a delegada Maria de Lourdes Cano, ratificou que todas as precauções adequadas, necessárias e pertinentes estão sendo tomadas para que tudo transcorra dentro da normalidade.

A entrada dos candidatos estará liberada a partir das 13h, pelo portão da avenida Ceará. Os candidatos deverão levar caneta preta ou azul fabricada em material transparente e um documento de identidade com foto, preferencialmente a identificação utilizada na inscrição. Os portões fecham pontualmente às 14h.

Autor:
Portal do Governo de Mato Grosso do Sul