Em salão internacional, Governo de MS atrai R$ 600 milhões em investimentos e foca em mercado asiático

O mercado asiático é hoje um dos mais promissores. Especialistas em comércio exterior apostam que a China deve se tornar em breve a próxima potencial da economia mundial. O gigante asiático não é o único. A Índia cresce anualmente 7% ao ano no seu Produto Interno Bruto, além dos emergentes como Vietnã e Indonésia que juntos têm expectativa de crescimento de 4% ao ano até 2025.

De olho neste mercado, Mato Grosso do Sul se estabeleceu no Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs), em São Pulo, e conseguiu atrair mais de R$ 600 milhões em investimentos na área de produção rural e industrial das cadeia produtiva de suínos. A regra é trazer mais investidores para o Estado para elevar o volume de produção e agregar valor. “Os investimentos estão fundamentados na política de aumento da produção industrial, mas principalmente rural na área da suinocultura. Esses investimentos já devem acontecer neste segundo semestre”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

Calcados principalmente no setor porcino, as aplicações acontecem numa nova indústria de esmagamento de soja e, futuramente em plantas frigoríficas. “Precisamos que a soja seja processada no Estado e que o farelo esteja disponível. Este anúncio deve acontecer em  breve, como também uma industria de farelo”, contou o Secretario de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

No mesmo evento, a visão de que a exportação de commodities e outas linhas de produção agropecuária começa sair do eixo do Atlântico, migrando para o Pacífico foi destacada pelo secretário especial do Ministério da Economia, Marcos Troyjo. E mais uma vez Mato Grosso do Sul vislumbrou vantagem estratégica pelo know how como Estado produtor, e principalmente pela posição que ocupa hoje dentro do projeto do Corredor Bioceânico que será a rota mais competitiva para o escoamento dos produtos do Estado para este mercado promissor da Ásia.

“A Rota Bioceânica posiciona em termos competitivos para atender esse mercado, o jogo das commodities já está no Pacífico e não mais no Atlântico, e Mato Grosso do Sul constrói uma estrutura para chegar de uma maneira mais barata e competitiva”, ponderou Verruck.

Projeto do Corredor Biocânico que coloca Mato Grosso do Sul em condição estratégico no cenário do comércio externo

A presença física do Estado com Stand no principal salão de negócios deste setor foi essencial para o sucesso da missão. Segundo o governador, o staff da gestão estadual faz diferença na hora de ‘vender’ Mato Grosso do Sul para potenciais empreendedores. “Aqui atendemos, mostramos nossas políticas e vantagens em investir no Estado. Isso fatalmente se reverte em bons negócios”, finalizou.

Planejamento
A participação do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul no Siavs, em São Paulo, é medida pelo volume de negócios prospectados. Com agendas pré-definidas com base na captação realizada meses pela equipe da Semagro, foram convidados seis grupos de investidores de três diferentes Estados.

A Prospecção realizada com base na competitividade agroindustrial, aconteceu nos meses de junho e julho, em visitas da equipe da Semagro aos Estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, onde o potencial produtivo sul-mato-grossense e a disposição para receber novos investimentos foram apresentados, garantindo que os encontros realizados durante a Siavs fossem altamente proveitosos.

Foram apresentadas informações sobre a Rota bioceânica – projeto que liga o oceano atlântico ao pacifico, partindo do município de Porto Murtinho, no sudoeste – rota importante para escoamento da produção e acesso ao grande mercado mundial, o continente asiático. Falou também do trabalho de abertura de novas linhas férreas e a estruturação do hub logístico no Estado, novos investimentos em infraestrutura –  estradas, pontes, ampliação do aeroporto internacional – e dos principais incentivos fiscais.

Mato Grosso do Sul também preparou um novo material bilíngue  institucional do Estado com informações estratégicas para cooptar mais investidores. O portfólio sul-mato-grossense destaca todas as potencialidades regionais.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C