Equipe representa MS no 70º Intercolonial Brasileiro de Tênis de Mesa

A Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira (AECNB) de Campo Grande representa Mato Grosso do Sul na 70ª edição do Campeonato Intercolonial de Tênis de Mesa. Os atletas sul-mato-grossenses estão em Itupeva-SP, a 71 quilômetros de São Paulo-SP, para as disputas, que começam nesta sexta-feira (24.01) e prosseguem até domingo (26.01). Os jogos serão realizados no Ginásio de Esportes Dorival Raymundo e na Sociedade Beneficente e Recreativa Itupeva (SBRI).

A delegação de Mato Grosso do Sul, composta por 26 desportistas, tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). De acordo com a organização, mais de 700 atletas participarão desta edição, em mais de 13 categorias etárias, do pré-pré-mirim à sênior e até livre. As disputas serão individuais, em duplas (masculina/feminina e mista) e equipes.

O Intercolonial, apoiado pela Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), é considerado o principal evento esportivo da colônia nipo-brasileira de mesa-tenistas na América Latina, além de ser um símbolo de união e resistência desta comunidade.

Confira a lista completa de atletas de Mato Grosso do Sul:

  • Leonardo Kurokawa (Pré-Pré-Mirim)
  • Davi Tamaciro (Pré-Pré-Mirim)
  • Shogo Aguena (Mirim Masculino)
  • Homero Cunha (Infantil Masculino)
  • Thales Kinjo (Juvenil Masculino)
  • Rafael Watanabe (Adulto Masculino)
  • William Watanabe (Adulto Masculino)
  • Paulo Akieda (Adulto Masculino)
  • Mário Márcio Soken (Pré-Sênior)
  • Luis Tibana (Pré-Sênior)
  • Tsutomu Matsunaga (Pré-Sênior)
  • Hiroki Ando (Pré-Senior)
  • Bruno Tamaciro (Sênior)
  • Marco Aguena (Sênior)
  • Alexandre Hokama (Sênior)
  • Kazuo Yanai (Veterano)
  • Mario Kameya (Superveterano)
  • Massayoshi Sakai (Megaveterano)
  • Mariana Aguena (Infantil Feminino)
  • Maria Tamaciro (Juvenil Feminino)
  • Pedro Mazali (Livre Masculino)
  • Geovane Ferreira (Livre Masculino)
  • Jhon Adrian (Livre Masculino)
  • Micaela Paim (Livre Feminino)
  • Sarah Barbosa (Livre Feminino)
  • Caroline Nunes (Livre Feminino)

Além de atletas, Mário Márcio Soken e Rafael Watanabe também serão os técnicos da delegação.

História

O torneio foi idealizado por Haruo Mitida (In memorian), em 1951. No início, participavam apenas clubes nikkeis (Kaikans) das regiões do eixo São Paulo-Paraná. Todavia, o evento cresceu tanto que, atualmente, as regiões formam a seleção de clubes, limitando-se, assim, o número de participantes.

Na década de 1950, a maioria dos descendentes de japoneses nascidos no Brasil vivia da agricultura e se dedicava exclusivamente ao trabalho no campo, esquecendo-se do lazer e da prática esportiva. Na época, poucos conheciam o tênis de mesa e Mitida deslocou-se por várias cidades paranaenses e paulistas, para divulgar e ensinar os fundamentos da modalidade. Por este motivo, muitos atletas do tênis de mesa pertencem à colônia, devido ao trabalho de popularização, divulgação e implantação influenciado pelo estilo japonês, difundido por Mitida.

Conforme a Galeria de Campeões, Edson Shimabukuro é o sul-mato-grossense que mais vezes venceu o torneio (em oito ocasiões), participando da categoria pré-sênior até a superveterano. Ele foi o primeiro ganhador com as cores de Mato Grosso do Sul, na 41ª edição, em 1991, em São Paulo-SP, pela classe pré-sênior. Shimabukuro também foi o último a levar o título representando o Estado, em 2018, em Suzano-SP, na categoria superveterano.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C