Governo de MS confirma indicação de diretor do DOF para o comando da Polícia Militar

O coronel PM Marcos Paulo Gimenez, 46, assumirá na sexta-feira (22), às 10h, o comando-geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, em substituição ao também coronel Waldir Ribeiro Acosta, 56, que seguirá para a reserva pelo tempo de serviço. O futuro chefe da PM estadual é o atual comandante do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e teve sua indicação antecipada pelo Jornal Midiamax.

Segundo o coronel Marcos Paulo, seu objetivo será especializar a tropa da PM para atingir a excelência no combate à criminalidade do Estado. “São muitos desafios, mas o principal é buscar a especialização dos policiais para que possam fazer um trabalho de excelência e combater efetivamente à criminalidade. Quero trazer equidade à corporação, para que a tropa fique mais imbuída, coesa e humanitária”, pontuou o coronel à assessoria do Governo do Estado.

O novo chefe da PM estava desde abril de 2019 à frente do DOF, setor da Polícia Militar concentrado no enfrentamento aos crimes na região de fronteira, notadamente o tráfico e o contrabando, área de disputa por facções criminosas. Antes, comandou o Batalhão de Choque e foi subcomandante da Academia da Polícia Militar.

A indicação conta com o respaldo do atual comandante da PM. “Desejo muito sucesso ao Marcos Paulo. O que puder auxiliá-lo, estou aqui pronto para o que for possível. Desejo que ele possa crescer junto com a sua tropa”, disse o coronel Acosta, que deixará o cargo após 5 anos listando, entre as ações, o Curso de Formação para Oficiais formados em Direito, a construção dos quartéis de Jardim e Coxim, redução dos índices de criminalidade e criação do Grupamento Aéreo.

A solenidade de transmissão do cargo será fechada em razão das ações de enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19), com transmissão pela internet.

24°C

Corumbá

Mostly Cloudy

Humidity 89%

Wind 6.44 km/h

  • 05 Oct 201831°C22°C
  • 06 Oct 201832°C22°C